Como você já deve ter percebido, o mundo está se transformando rapidamente e aderindo ao digital nas mais diversas esferas econômicas e sociais. Nesse contexto, a agricultura não poderia ficar de fora, afinal, agricultura digital é uma tendência que veio não apenas para acelerar a produção de alimentos, mas também para ajudar os agricultores a aumentarem a sua produtividade e, consequentemente, a sua rentabilidade. 

Para você ter uma ideia, segundo estimativas da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), até 2050, o mundo terá aproximadamente 9,6 bilhões de habitantes, um crescimento de 40%. Em contrapartida, o solo para plantio será apenas 5% maior do que é hoje. 

Por isso, o auxílio da tecnologia na agricultura será cada vez mais imprescindível. Através dela, você, agricultor ou consultor técnico, será capaz de aumentar a sua produção, de forma sustentável, para dar conta dessa crescente demanda. Isso só será possível através da agricultura digital e de todas as vantagens que ela pode trazer! 

Agricultura DigitalE o que é, afinal, a Agricultura Digital?

É uma soma de novas tecnologias, como aplicativos, tratores com GPS, drones com sensores, Big Data, softwares, algoritmos e muitos outros que possibilitam ao agricultor ter informações importantes como a acidez e o nível de nutrientes do solo, o rendimento das safras em determinado período e as variações climáticas do campo.

As vantagens da Agricultura Digital para o produtor rural são incalculáveis. Entre elas estão: controle total sobre cada etapa da produção, maior rendimento e produtividade, menos custos, mais segurança na tomada de decisões, além de um maior aproveitamento do solo e dos insumos, o que é benéfico também para o meio ambiente. 

Por causa da Agricultura Digital, o que antes parecia uma projeção utópica do futuro, já é a realidade de muitos agricultores: painéis com dados consolidados, parâmetros em tempo real, considerando a realidade de cada fazenda e talhão, desde a temperatura, umidade, cultivar, local, época de semeadura e nutrição. 

Hoje já existem plataformas através das quais se pode obter as informações e os cenários que auxiliam na gestão dos custos da lavoura, que ajudam na comercialização dos grãos, e que facilitam a decisão de compra de fungicidas e outros defensivos agrícolas necessários e adequados a cada lavoura.

Dentro desse mundo novo de possibilidades, já está disponível um sistema que considera a data de semeadura, a cultivar que ele está usando, o local de plantio, o clima, a umidade, a temperatura diurna, o histórico de controle de doenças, a presença de inóculo, a precipitação e outros dados importantes.

 

Você também pode se interessar por esses outros conteúdos:
Qual é o diferencial da DigiFarmz?
De que forma a DigiFarmz auxilia no controle das doenças da soja?

 

Com alertas e notificações, o produtor tem a ajuda que precisa em todas as etapas da produção, tendo, inclusive, dicas de melhorias para práticas no campo, auxílio no manejo anti-resistência, otimização dos insumos, aumento da produtividade e controle de doenças na lavoura.

Essa segurança é fundamental para você planejar e controlar a sua produção conforme os seus objetivos e não mais mediante variáveis que você não pode controlar. 

Aquele produtor perdido, sem parâmetros para tomar as melhores decisões para a sua lavoura é uma imagem que, definitivamente, ficou no passado. Com a Agricultura Digital, as suas decisões serão mais precisas e as suas ações mais assertivas. 

Quer saber mais sobre essas novidades trazidas pela Agricultura Digital e como elas podem beneficiar a sua produção? Não deixe de falar conosco

A DigiFarmz trabalha para dar segurança aos produtores, técnicos e empresas do agronegócio, auxiliando-os no controle de doenças da soja, para que todos obtenham melhor produtividade e rentabilidade, com maior eficácia na alocação dos recursos.

Deixe uma resposta