Manejo Fitossanitário

Como saber quais os melhores defensivos para a sua cultivar?

Essa é uma das questões mais recorrentes entre os produtores e só pode ser respondida com convicção através de pesquisas específicas. Somente a partir delas, é possível indicar os melhores defensivos para cada propriedade e para cada cultivar

E como essa mágica acontece?

Através dos resultados que se obtém nos ensaios e da utilização, através do sistema de Crowdsourcing, dos próprios dados fornecidos pelo programa, é gerada essa informação, que passa a ter um valor científico muito grande, à medida que deixa de ter como base uma parcela experimental de 10m², por exemplo, para uma parcela de 100 mil hectares. 

A partir desse tipo de informação, podemos saber quais são os melhores defensivos para cada caso. 

E quais as vantagens dessas informações para o produtor?

Se o produtor rural ou consultor técnico sabe escolher os melhores defensivos agrícolas para a sua propriedade e cultivar, ele eleva as chances de manter uma lavoura com excelente manejo fitossanitário, sem prejuízos financeiros e ao meio ambiente, alcançando maiores produtividades, com produtos de qualidade para a comercialização.


Por que devemos usar defensivos e quais os benefícios?

Os defensivos, como o próprio nome diz, existem para defender a lavoura, protegendo-a contra as ameaças que podem prejudicar a produção, tais como insetos, ácaros, fungos, nematoides e plantas daninhas. 

As temperaturas altas da maior parte do país propiciam o surgimento e a reprodução de muitos insetos e pragas nas lavouras. Além disso, o fato de não termos períodos de neve, típicos de invernos rigorosos, não permite que as pragas sejam reduzidas ainda no estágio inicial das safras, possibilitando que em condições meteorológicas favoráveis, possam causar diferentes níveis de danos, desde leves reduções até perdas totais de produtividade na lavoura.

O uso de defensivos, de forma controlada, evita perdas e permite maiores produtividades, que é fundamental para suprir a demanda crescente de alimentos no país.

Como usá-los de forma segura?

Os defensivos agrícolas devem ser utilizados com responsabilidade para preservar o meio ambiente, a saúde da lavoura e dos consumidores finais. 

Para que o uso deles seja cada vez menor, é necessário que a tecnologia seja uma aliada do produtor. Através dela, é possível realizar o manejo integrado de pragas, que pode diminuir o uso de defensivos em até 50%. É importante lembrar que o uso indiscriminado de defensivos agrícolas é crime. Por isso, é fundamental saber exatamente que tipo de defensivo deve ser utilizado e a quantidade ideal de cada um deles.

 

 

Você também pode se interessar por esses outros conteúdos:
Fungicidas vêm perdendo eficácia. Como reverter a situação?
Preciso ter algum programa para trabalhar com a plataforma DigiFarmz?

 

Por conhecermos a importância dessa decisão por parte do produtor ou consultor técnico – escolher os melhores defensivos para a sua propriedade e para a sua cultivar – nós, da DigiFarmz, nos posicionamos como uma fonte de informação sobre a qualidade e a eficácia dos fungicidas utilizados no campo atualmente, a qual você pode confiar e acessar sempre que necessário.

A DigiFarmz oferece a pesquisa como um diferencial dos seus serviços, agregando informações para facilitar a sua tomada de decisão. Isso é possível através da parceria entre a DigiFarmz e a Phytus Group – uma das mais importantes empresas do setor de pesquisa no campo, que conduz ensaios em campo e em ambientes controlados, através de um corpo técnico formado por pesquisadores Ph.Ds, Doutores e Mestres da área agronômica.

Por isso, quando o assunto é decidir quais os melhores defensivos para a sua propriedade e para a sua cultivar, conte com a DigiFarmz! A nossa missão é ser essa referência de informações e conteúdo para tornar essa decisão mais fácil.

Deixe uma resposta